Giga Mundo – Saúde

Sua fonte de informação sobre saúde na Internet!

Tétano

O que é o tétano?

Trata-se de uma doença de origem infecciosa provocada por uma bactéria encontrada geralmente no solo, em forma de esporos, conhecida como Clostridium tetani. A doença pode atingir qualquer pessoa, mas não é transmissível. A incidência do tétano é maior em localidades isoladas, que tem assistência médica e programa de vacinação deficientes.

Causas

A doença é causada geralmente por algum tipo de ferimento acidental (pisar em um prego ou em objetos metálicos e enferrujados, por exemplo), ou através da transmissão via cordão umbilical (tétano neonatal). Os esporos que causam a infecção estão no solo, nas fezes e intestinos de alguns animais, como porcos, cavalos, bois e galinhas. Podem estar presentes também nas fezes humanas, mas sem provocar a doença.

Quando em condições favoráveis para a proliferação dos esporos, como nos ferimentos, por exemplo, as bactérias se multiplicam pelo sistema circulatório e linfático. Assim, a doença passa a atuar no sistema nervoso da pessoa, provocando espasmos musculares intensos e dolorosos.

Lembrando que a doença só se manifesta em pessoas que não foram vacinadas.

Manifestação da doença

Depois da infecção pelo esporo, a doença se manifesta em torno de 10 dias. Os primeiros sinais são a dificuldade em abrir a boca (trismo) e na hora de engolir. Posteriormente, ocorrem contrações musculares por todo o corpo, que evoluem para um quadro grave, ao atingirem os músculos do sistema respiratório, podendo causar à morte do doente por asfixia.

Prevenção

Apesar de ser uma doença grave, o tétano é uma enfermidade que pode ser prevenida. É impossível eliminar a proliferação dos esporos do Clostridium tetani no meio ambiente. Só a vacina antitetânica pode prevenir a doença.

A aplicação da vacina leva à formação de anticorpos pelo próprio organismo da pessoa, conferindo toda a imunidade necessária para evitar a doença.

Infelizmente, uma boa parte da população adulta não foi vacinada. Por isso, caso o indivíduo não tenha sido imunizado e tenha sido infectado, será aplicado soro e anticorpos específicos para o tratamento.

A vacina antitetânica é oferecida em todos os centros de saúde pública e pode ser aplicada em pessoas de todas as idades. Para os recém-nascidos, a aplicação da vacina é feita em algumas doses, já que ela traz imunidade contra três doenças: tétano, coqueluche e difteria. Gestantes também podem ser vacinadas.

A vacinação nas crianças é feita aos dois meses, depois aos quatro, aos seis, com um ano de idade e um reforço entre os quatro e seis anos.

Tratamento

Ao se ferir em um prego ou metal enferrujado, é importante que o local seja limpo com água e sabão e, se possível, a retirada de resquícios de terra e pedaços do metal, para impedir a infecção pela bactéria do esporo. No caso de a pessoa não ter sido devidamente imunizada através da vacinação, o soro anti-tétano deverá ser aplicado. Além disso, o tratamento é feito através de antibióticos. O doente pode precisar de respiração artificial na UTI e ser mantido sob cuidados médicos. O tratamento é longo.

Por Danielle Batista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TopBack to Top