Três coisas a evitar para combater o colesterol ruim

Você provavelmente já leu muitos bons conselhos que há por aí. Muitas dicas aqui compartilhadas podem ser-lhe bastante úteis, se aproveitadas de forma adequada, mas talvez não sejam completas. Em outras palavras, não basta saber o que fazer, você também precisa saber o que não fazer. Em outras palavras, sabendo-se o que deve e o que não deve ser feito (e por que não deve) temos melhores chances de sucesso, superando-se assim os obstáculos.

O foco deste nosso artigo é, então, dicas para que você possa, sozinho, combater o colesterol ruim. Lembre-se que esta é uma lista de coisas a evitar, não a se fazer, quando se quer alcançar uma saúde melhor por meio de uma alimentação e estilo de vida mais saudáveis.

Agora que, espero, você já entendeu nosso objetivo, vamos ver algumas coisas que merecem um sonoro “não faça isso”:

1. Comer frituras

Pode até parecer uma boa ideia a princípio, afinal de contas, quem não gosta de comer um hambúrguer ou mesmo batas-fritas? O problema é que tais alimentos são geralmente preparados em óleo, o que faz com que tenham um maior teor de colesterol ruim.

Uma alternativa melhor seria consumir outros lanches mais saudáveis, não preparados em óleo e, se possível, caseiros, evitando-se assim os conservantes excessivos.

2. Ter uma vida sedentária

A melhor razão para isso é que quanto mais sedentária é a nossa vida, mais facilmente o colesterol ruim deposita-se sobre as paredes dos vasos sanguíneos, formando placas que poderão prejudicar a circulação sanguínea.

O melhor a ser feito, nesse caso, é praticar muitas atividades físicas, como caminhadas ou corridas, algum esporte, etc. Quanto mais ativa for sua rotina diária, melhor será para a sua circulação sanguínea.

3. Não consumir óleos vegetais

Claramente isso é ruim, pois óleos de origem vegetal são ricos em colesterol bom, que ajuda a combater o colesterol ruim. Um óleo vegetal bastante conhecido e recomendado é o azeite de oliva, que pode ser usado, por exemplo, na preparação de saladas. Aqui, o truque é inseri-los de forma moderada em sua dieta – também não é bom abusar deles! – a fim de tirar o melhor proveito possível desses óleos.

É sempre bom prevenir-se quanto aos três itens aqui apontados, tomando nossas sugestões de alternativas se você desejar, afinal de contas, não podemos alcançar o que desejamos se não formos cautelosos em nossa jornada.

Comece hoje mesmo a combater o colesterol ruim e aprenda mais em nosso blog!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Email
Print