Sintomas da Depressão

Confundida muitas vezes com um simples sentimento de desânimo e tristeza, a depressão pode ser definida  como uma desordem no funcionamento cerebral dos seres humanos que se caracteriza por alterações do pensamento, comportamento e emoção. É uma desordem mental que causa grande sofrimento aos pacientes que em alguns momentos têm os sintomas da depressão relegados a um plano de mero estado emocional de infelicidade. É justamente neste pensamento errôneo, que está o risco para a pessoa portadora de depressão.

No entanto, existem alguns sinais que são bem característicos desta doença, facilitando o diagnóstico, e que se identificados em tempo hábil poderão contribuir para minimizar o sofrimento do paciente, através de seu encaminhamento a um tratamento adequado com um profissional especializado. Vejamos agora quais são estes sintomas:

Principais Sintomas que Caracterizam a Depressão

Pensamentos Mórbidos: um dos sintomas mais evidentes em uma pessoa que sofre de depressão são os chamados pensamentos mórbidos ou ideias pessimistas, que são recorrentes levando o deprimido a um profundo sentimento de tristeza que o faz  em muitos momentos deixar de ter  uma vida social e emocional estável. Estes sinais, se não forem tratados de maneira adequada podem evoluir para uma vontade do indivíduo  de cometer o suicídio, levando muitos pacientes a atentarem contra a própria vida.

Alterações Orgânicas: a depressão também pode causar sintomas no  corpo da pessoa deprimida. Entre os principais citados por literatura especializada estão: dores sem uma  causa aparente, geralmente na cabeça, nas costas ou no estômago que não melhoram nem quando são administrados os fármacos; distúrbios alimentares com o aumento excessivo de apetite, o que resulta em uma elevação do peso corporal ou então uma ausência total na vontade de se alimentar. Outros sintomas que podem ser observados são a constipação intestinal, tremores, palpitações e sudorese excessiva.

Falta de Concentração e diminuição da libido e insônia: A falta de concentração em pacientes deprimidos fica bem evidente, principalmente naqueles que antes se dedicavam a algum tipo de trabalho ou área de estudo, pois sem concentração o indivíduo não é capaz de reter na memória algo que estudou, nem muito menos se  fixar na leitura de qualquer artigo interessante para ele. Segundo especialistas nesta área, em pessoas mais idosas esta falta de concentração pode evoluir para uma perda de memória. A insônia é outro sintoma que aparece com frequência em pessoas deprimidas.

A falta de sono pode levar muitas delas a um sentimento de angústia, sendo passível nestes casos, tratamentos com fármacos indutores do sono. A diminuição do desejo sexual é outro sintoma da depressão. Na realidade o indivíduo portador de depressão sente um desinteresse por tudo o que antes era prazeroso para ele, não somente o ato sexual, como também atividades que antes gostava de fazer, como por exemplo, sair para  passear com amigos, ou ir a uma festa.

Considerações Finais

Os sintomas acima descritos fazem parte de um universo de manifestações emocionais e orgânicas que devem ser examinadas por um profissional especializado na área de psiquiatria, para que analisando estes sinais possa diagnosticar o paciente, e tratá-lo de maneira adequada.

Por Salete Dias

Se você gostou deste artigo, então que tal...

Anemia ferropriva infantil

Hipotensão Arterial

Cirrose Hepática

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Email
Print