Seguros de saúde

O mercado de seguros de saúde está cada vez mais em evidencia, pois as pessoas não confiam apenas no SUS e como a concorrência nesta área é acirrada, os preços estão cada vez mais acessíveis para todas as classes sociais.

Os seguros de saúde têm como objetivo a cobertura médica, incluindo os custos de hospital no caso de um acidente ou emergência e também cobrir procedimentos simples como exames de rotina e alguns específicos, consultas médicas, medicamentos e alguns tratamentos.

Para escolher o seu seguro de saúde ideal, você deve avaliar qual é a sua situação. Se a sua saúde é de ferro e você nunca fica doente, o mais adequado é escolher um plano mais simples, mas que tenha atendimento de urgência e internação hospitalar cobertos, para o caso de uma emergência.

Já para quem tem a saúde mais delicada e precisa de atendimento médico mais constante, deve adquirir um plano mais abrangente, que tem um custo mais elevado. Mas, outros fatores devem ser levados em consideração na hora de contratar um seguro de saúde:

  • Tipo de seguro – Quando você for avaliar qual é o seguro de sua preferência, serão apresentadas três modalidades: O seguro de reembolso, no qual você irá escolher o profissional que vai lhe atender, fará o pagamento e depois terá o valor reembolsado pelo seguro. O seguro de assistência, onde o médico tem um convênio com a seguradora e por isso, possui um valor mais acessível. E finalmente o seguro misto, que engloba as duas modalidades anteriores, porém com um valor um pouco mais baixo.
  • Cobertura – Escolha o que deve ser coberto pelo plano de acordo com as suas necessidades e a de sua família, mas lembre-se que os seguros de saúde geralmente não cobrem as doenças pré-existentes.
  • Exclusões do plano – Não se esqueça de verificar quais são as exclusões de seu seguro de saúde. São muitas as situações excluídas, por isso, tenha bastante atenção neste item.
  • Carência – Em todos os planos que você consultar, haverá um período de carência no qual a seguradora não assume nenhum gasto com as situações que estão previstas no seguro.
  • Preço – É o item que mais varia de plano em plano. É determinado de acordo com a quantidade de procedimentos assegurados e a modalidade de situações definidas em contrato. E, quanto mais barato o seguro, mais limitações ele vai ter.

Bom, um seguro de saúde é um pouco mais complexo do que se pensa, mas com um pouco de paciência e pesquisa, é possível escolher um plano que atenda a todas as suas necessidades e as de sua família.

Por Danielle Batista

Se você gostou deste artigo, então que tal...

Convênio Amil

Qualidade e segurança na gestão hospitalar

Intermédica

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Email
Print