Psiquiatria

Especialidade da medicina que trata das desordens psíquicas severas nos seres humanos, a psiquiatria é uma ciência antiga, tendo sua origem no século V.AC em plena idade média, onde foram criados os primeiros locais para tratamento das pessoas portadoras de transtornos mentais. No entanto, os métodos utilizados para este fim eram bastante questionáveis do ponto de vista de sua efetividade e de sua utilização pouco humanitária nos pacientes.

A partir do século XVII é que houve uma melhora no tratamento dos pacientes ainda que de maneira ainda rudimentar. Foi somente no século XX que os estudiosos e técnicos da área procuraram entender os processo biológicos e suas relações com as doenças da mente humana. Nessa época houve o começo da classificação dos distúrbios mentais  e os medicamentos para tratá-los.

Definição de doenças mentais e psiquiatria

A psiquiatria tem como principal função a prevenção, diagnóstico e tratamento das desordens mentais, sendo que  dentre elas estão: a esquizofrenia, depressão, transtorno bipolar, psicoses, transtornos de ansiedade como síndrome do pânico, entre outras. A doença mental pode ser definida como a descrição por ela realizada dos transtornos da psique humana através de seus sintomas específicos, e que refletem de maneira negativa na vida do indivíduo levando-o à necessidade de se submeter a um tratamento que poder ser longo ou mais breve, dependendo do grau de complicação mental em que o paciente se encontra.

Atuação dos especialistas em psiquiatria

Os profissionais especializados em psiquiatria são  denominados psiquiatras, porém antigamente ( em meados do século XX eram denominados de alienistas) e apresentam como principal objetivo tratar os sintomas do transtorno mental através de fármacos e da psicoterapia. Geralmente o psiquiatra faz uma avaliação do estado mental do paciente e pode solicitar exames neurológicos ou laboratoriais para descartar enfermidades de origem somente orgânica, realizando dessa maneira um diagnóstico preciso de qual  doença mental está afetando o indivíduo.

As medicações administradas aos pacientes são de extrema importância para redução dos sintomas característicos de determinado distúrbio mental, fazendo com que a pessoa consiga levar uma vida bem próxima da normalidade. Em conjunto com os medicamentos, a psicoterapia, que também pode ser realizada por psicólogos deve ser conduzida concomitante com o uso dos remédios.

Evolução do tratamento em psiquiatria

Demorou algum tempo até que  a psiquiatria adquirisse o status de uma especialidade, cujo tratamento fosse eficaz e principalmente humanitário. Segundo historiadores a terapêutica psiquiátrica evoluiu muito nos últimos tempos. Antigamente  alguns tratamentos como eletrochoques e outros deixavam sequelas nos pacientes, às vezes irreversíveis.

Os doentes ficavam internados, em sua grande maioria por toda vida nos chamados asilos. Hoje em dia, os portadores de transtornos mentais são atendidos a nível ambulatorial e quando precisavam ser internados após o tratamento ministrado, recebem  alta e podem retornar, se tiverem condições mentais favoráveis, para suas residências ou atividades profissionais.

Por Salete Dias

Se você gostou deste artigo, então que tal...

Acupuntura

Psicoterapia

Psicologia Infantil

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Email
Print