O que é melhor: caminhar ou pedalar?

Se você gosta de praticar atividades físicas ou simplesmente está procurando alguns exercícios para ajudar a perder peso, não importa. O importante é que você está decidido a abandonar o sedentarismo e começar a praticar atividades que poderão melhorar e muito a sua saúde! Entretanto, há um grande número de coisas que podemos fazer e qualquer iniciante pode ficar perdido em meio a tudo isso. Você pode jogar bola com seus amigos, praticar natação, jogar vôlei ou, como sugerimos neste artigo, escolher entre caminhar ou pedalar como forma de manter bem a sua saúde.

Claro, não há somente estas e há também uma grande quantidade de variações destas atividades: você pode variar a velocidade de sua caminhada a pedalada, indo desde um passeio agradável a uma verdadeira corrida, você pode escolher fazer suas atividades ao ar livre ou em um lugar fechado (o que, no caso de andar de bicicleta, estaria mais para o ciclismo indoor), etc. São tantas as variações que fica difícil explicar todas elas em um artigo só, de forma que vamos nos concentrar somente nas mais tradicionais: a caminhada e o andar de bicicleta ao ar livre.

A caminhada é a opção preferida de muita gente, pois além de estimular o sistema cardiovascular, permite uma interação social muito maior, na medida em que podemos fazer nossas caminhadas ao lado de amigos e familiares e, assim, ir conversando e curtindo aqueles momentos. Além disso, pode-se caminhar praticamente em qualquer lugar e não é necessária muita coisa para isso, somente um bom par de tênis, um short ou bermuda e uma camiseta.

Entretanto, apesar das vantagens, também possui suas desvantagens: pessoas que estão muito acima do peso ou que já sofrem por problemas nas articulações dos membros inferiores podem não se sentirem muito bem caminhando, pois longas caminhadas podem trazer impacto negativo sobre tais articulações. Nesses casos, é necessário que a pessoa consulte o seu médico a fim de saber se pode realizar tal atividade física ou se ele pode indicar outra para substituí-la.

Já no caso de pedalar, o impacto sobre as articulações é bem menor, o que pode tornar esta atividade interessante para um número maior de pessoas. Além disso, a depender da velocidade que você empregue, pode tornar-se esta uma atividade para somente quebrar o sedentarismo ou até mesmo uma verdadeira “ferramenta para queimar gorduras”. Dependerá somente de você.

Se possui suas vantagens, da mesma forma que a caminhada, também possui suas desvantagens: além de trajes adequados, é necessário ter uma bicicleta em boas condições para a prática de exercícios físicos. Além disso, não é uma atividade fácil de ser realizada em grupos, geralmente somente dois ou três pedalando juntos. Além disso, pessoas acima de seu peso podem se sentir desconfortáveis em uma bicicleta.

Na hora de escolher entre caminhar e pedalar, opte por aquilo que lhe desperta maior interesse – claro, com o consentimento de seu médico – pois fazendo o que gostamos conseguimos transformar aquela atividade em um hábito – e um hábito bastante saudável, diga-se de passagem! Mas e então, hoje vai preferir caminhar ou pedalar no parque de sua cidade?

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Email
Print