Giga Mundo – Saúde

Sua fonte de informação sobre saúde na Internet!

Giga Mundo – Saúde Nutrição,Obesidade Principais Complicações de Saúde Associadas à Obesidade

Principais Complicações de Saúde Associadas à Obesidade

Complicações Hepáticas

Todas as pessoas já sabem que a obesidade traz muitas complicações para a saúde de todos, e por isso os profissionais da área de saúde estão sempre orientam aos indivíduos que percam peso para obterem uma melhor qualidade de vida. Porém  a obesidade pode trazer vários riscos de doenças, e entre elas está a esteatose que pode ser definida como uma quantidade de gordura armazenada de maneira anormal no fígado do indivíduo e esse problema pode evoluir para uma cirrose ou lesões no orgão com o aparecimento de fibroses hepáticas. Os médicos explicam que há um aumento dos ácidos graxos no organismo da pessoa resultando em processo inflamatórios que podem ocasionar a fibrose.

Segundo especialistas quando há cerca de dez por cento de acúmulo de gordura no fígado já demonstra que a enfermidade já se instalou no organismo. O risco maior que as pessoas com esteatose sofrem é o surgimento da chamada síndrome metabólica que é uma série de anormalidades nas funções os órgãos do corpo humano causando uma redução da resistência à insulina , provocando várias complicações de saúde como o diabetes, por exemplo. Para se diagnosticar a esteatose é necessário que o paciente faça exames de tomografia computadorizada ou exames de ultrassom. Vale ressaltar que não existe até o momento tratamento para o problema e os enfermos são orientados a tentar perder peso. A esteatose pode evoluir para uma complicação mais grave conhecida como esteopatite.

Problemas na Tireóide

Os especialistas relatam que outra complicação resultante da obesidade das pessoas são as anormalidades da glândula tireoide  que é bem comum em indivíduos portadores de síndrome metabólica. Normalmente as pessoas obesas costumam apresentar nódulos ou processos inflamatórios nessa glândula.

De acordo com especialistas brasileiros em endocrinologia é mais fácil  as pessoas com problema de obesidade apresentarem complicações na tireóide do que sofrerem um aumento de peso excessivo em razão de uma possível disfunção da glândula. A síndrome metabólica presente em virtude da resistência a insulina contribui para o aumento do hormônio que estimula a tireoide chamado TSH, resultando no surgimento dos nódulos e inflamações.

Relação entre Câncer e Obesidade

Vários estudos realizados em todas as partes do mundo confirma cada vez mais a relação entre obesidade e o aparecimento de células cancerosas. De acordo com institutos de saúde brasileiros o excesso de peso corporal nas pessoas costuma ser o segundo maior fator de risco para o aparecimento de câncer.

Segundo dados estatísticos levantados por organizações de saúde cerca de cinquenta e dois por centos dos tumores no esófago, trinta e cinco por cento do câncer de cólon e cerca de vinte e dois por cento do tumor de mama são decorrentes do problema da obesidade. Os especialistas alertam para esses dados levantados e ressaltam a importância do emagrecimento para prevenir os tumores, que segundo os cientistas já foi comprovado uma incidência maior de cânceres em pessoas obesas.

Por Salete Dias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TopBack to Top