Giga Mundo – Saúde

Sua fonte de informação sobre saúde na Internet!

Giga Mundo – Saúde Nutrição Planejando a alimentação para idosos

Planejando a alimentação para idosos

As épocas passam e nossos corpos não são mais os mesmos, o que acaba por requerer mais atenção de nossa parte, seja sobre a prática de exercícios físicos, seja quanto a uma adequada alimentação para idosos. Nessa idade, nosso organismo sem demora não tem a mesma aptidão e capacidade de regeneração e começamos a ver os inconvenientes causados por abusos ou descuidos nos nossos costumes alimentares.

Uma favorável nutrição tem capacidade de colaborar diminuindo as chances de alguns problemas de saúde atingirem as pessoas na terceira idade, por exemplo as doenças coronárias ou diabetes. E é indiscutível que a nutrição pode favorecer nosso humor, combater o stress e tornar-nos mais dispostos.

Um ponto meritório a destacar é quanto à frequência com que nos alimentamos, pois quando estamos mais velhos nossas exigências de alimentação parecem agora um pouco mais reduzidas e quase não sentimos fome. Entretanto tal tem possibilidade de ser uma considerável armadilha, levando-nos a esquecer de uma refeição bem essencial: o café da manhã. Toda dieta tem seu papel e importância em nossa prática diária e por isso cada uma delas necessita ser bem cumprida.

Mesmo com exigências nutricionais reduzidas, é bastante importante que as três refeições principais do dia (café, refeição do meio-dia e jantar) sejam mantidas, bem como ao menos um lanche, por exemplo, no horário da tarde. Não é vital que haja uma ampla quantidade de comida em cada uma dessas refeições, porém todas deveriam ser respeitadas.

Você precisa saber que é quando idosas que as pessoas mais comentam problemas como artrite, reumatismo e osteoporose, porque são transtornos causados pela perda de cálcio ao extenso de vários anos, necessitando agora do acompanhamento especialista para tratamento. Sendo assim, informe-se com o seu médio em relação a suplementos de cálcio antes mesmo que os sintomas da desmineralização óssea comecem a surgir!

E já que estamos discutindo sobre minerais e complexos vitamínicos, tem uma vitamina que não deveria faltar no cardápio da pessoa que alcançou a melhor idade: a B12. Pois esse complexo vitamínico participa de várias reações presentes no metabolismo celular, além de participar da formação das células sanguíneas. E se a sua refeição não é enriquecida em vitamina B12, você também pode procurar por complementos que possam repor tão grandes deficiências.

Estes são alguns dos muitos pontos que os indivíduos precisam verificar quanto à nutrição para idosos. Se por acaso desejar mais esclarecimentos, o ideal é uma consulta com um profissional de nutrição experiente no assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TopBack to Top