Giga Mundo – Saúde

Sua fonte de informação sobre saúde na Internet!

Giga Mundo – Saúde Depressão,Distúrbios e Doenças Tipos de transtornos depressivos

Tipos de transtornos depressivos

De acordo com classificações científicas os transtornos depressivos podem ser caracterizados ou como um transtorno afetivo ou como um transtorno de humor. No primeiro caso o problema principal se caracteriza por uma alteração no afeto característico da depressão provocando uma alteração das atividades gerais do paciente, que acontecem com recorrência principalmente em situações de grande estresse emocional sofrida pelo indivíduo.

No segundo caso a depressão é classificada como uma alteração no humor da pessoa também característica de ocorrências de depressão. Esses episódios depressivos  são os  que vão determinar os tipos de  depressão que podem ocorrer. Por exemplo, se é um quadro depressivo clássico ou se trata de um transtorno afetivo bipolar onde há alterações de humor com oscilações entre estados depressivos e de euforia ou somente  a ocorrência  de um deles.

Entendo Melhor a Depressão e os Transtornos Depressivos

De etiologia ainda desconhecida até o presente momento a depressão e seus vários tipos  vem sendo pesquisada ao longo dos anos. De acordo com alguns pesquisadores  existem variações em determinados genes chamados de polimorfismos que poderiam aumentar de maneira significativa o risco de um individuo desenvolver  a depressão principalmente os que estão relacionados com o metabolismo de alguns neurotransmissores como por exemplo a serotonina.

Por isso os genes que codificam a síntese dessa substância são os mais pesquisados pois podem ter alguma relação com a predisposição aos transtornos depressivos. Vale ressaltar que essa vulnerabilidade  à depressão depende também da interação do indivíduo com o ambiente onde está inserido, e a maneira como ele responde às situações que geram grande estresse emocional. Segundo especialistas na área cerca de sessenta por cento da depressão que acomete as pessoas são desencadeadas por fatores estressantes que precederam o início do transtorno.

Os indivíduos portadores de transtornos depressivos conservam seu juízo crítico porém as situações vivenciadas por eles são suportadas com pessimismo e sofrimento. Quando o paciente interpreta a realidade  essa poderá ter seu foco alterado segundo  o tipo de depressão apresentada, podendo variar desde idéias errôneas das situações nos tipos mais fracos até delírios nos casos mais graves.

Em relação à postura do corpo o indivíduo deprimido apresenta uma linguagem corporal específica como lentidão ao falar, movimentos corporais limitados, andar lento com ombros caídos. Os cuidados com a higiene corporal são negligenciados e em algumas pessoas com depressão pode haver também sintomas psicossomáticos como por exemplo, sensação de cólicas, tonturas ou dores sem uma causa orgânica determinada. Ocorre ainda perda do interesse por atividades antes prazerosas para o indivíduo, além de irritabilidade desmotivada com crises de raiva e sentimentos de frustração.

Alguns Tipos de Transtornos Depressivos

Segundo pesquisadores e especialistas na área de psiquiatria os transtornos depressivos podem ser classificada em alguns tipos dentre eles:

  • Episódio Depressivo

O episódio depressivo ocorre quando há normalmente uma situação onde a pessoa vivência algum trauma psicológico ou quando é portadora de determinadas enfermidades como por exemplo um estresse em virtude de alguma cirurgia, ou ainda alterações na glândula tireóide. Esses episódios costumam ocasionar alterações no sono do indivíduo provocando normalmente insônia, que se caracteriza por despertar durante o período noturno e dificuldade em dormir novamente.

Outro  problema verificado nessa fase é a apatia que o paciente desenvolve e que é demonstrada através de fadiga e cansaço persistentes. No episódio depressivo há idéias de morte em em casos mais graves  pensamentos de suicídio.

Conhecido há um tempo atrás como psicose maniaco-depressiva o transtorno bipolar do humor se caracteriza quando  há a ocorrência por várias vezes dos episódios depressivos, e oscilações entre a fase depressiva e a de euforia, ou ainda a ocorrência de somente uma delas.

Esses episódios  podem até surgir em razão de algum trauma sofrido pela pessoa, mas normalmente é desencadeado sem uma causa real aparente. Os episódios desse transtorno podem se manifestar  em qualquer faixa etária da vida da pessoa.

  • Distimia

A distimia é um tipo de depressão crônica  caracterizada por um humor depressivo na maior parte do dia e que persiste por pelo menos dois anos. Os sintomas desse tipo mais frequentes são: Baixa autoestima, sensação de fadiga ou cansaço,aumento ou diminuição do apetite com consequência do aumento ou perda de peso corporal, insônia ou sono excessivo,dificuldade de concentração, dificuldade em aceitar fatos desagradáveis da vida com prejuízos na área pessoal,social e profissional.

Várias nomenclaturas e classificações de tipos de transtornos depressivos podem ser aqui descritos, no entanto esse distúrbio que atinge uma parcela significativa da população e que por muito tempo antes de pesquisas cientificas era incompreendido não só pelo paciente como também por sua família, levava o indivíduo  a ter um diagnóstico incorreto de sua real enfermidade. Atualmente graças aos estudos realizados o paciente pode ter uma melhor qualidade de vida, e quando devidamente medicado pode desenvolver normalmente suas atividades diárias.

Por Salete Dias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TopBack to Top