Giga Mundo – Saúde

Sua fonte de informação sobre saúde na Internet!

Sintomas da obesidade

A obesidade é um problema que atinge grande parte da população mundial e causa não somente complicações no organismo do indivíduo, como também problemas emocionais em virtude do preconceito que as pessoas obesas costumam sofrer. Mas como será que alguém sabe se está somente acima do peso corporal ou se está obesa? Quais serão os sintomas da obesidade? É o que veremos a seguir:

Preocupação da OMS com o problema da obesidade

De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde)o número de pessoas obesas cresceu muito ao longo dos anos principalmente em crianças e adolescentes, fato que a organização considera alarmante em virtude dos inúmeros problemas de saúde que um indivíduo com problema de obesidade pode apresentar e os gastos que serão necessários para tratar essas enfermidades.

Segundo a OMS uma das principais causas para esse aumento de indivíduos obesos seria o sedentarismo que grande parte das pessoas vivem em decorrência da altas tecnologias, que coloca tudo ao alcance das mãos fazendo com que os jovens façam pouco esforço físico para conseguir o que desejam. Aliado a esse problema estaria o da alimentação inadequada. Indivíduos nessa faixa etária costumam se alimentar com os alimentos de lanchonetes ao invés de priorizar uma alimentação balanceada e rica em nutrientes.

A obesidade pode ser  definida como um grande acúmulo de tecido gorduroso no corpo do individuo o que resulta em vários tipos de doenças, principalmente as que estão associadas aos sistemas cardíacos e vasculares. A obesidade pode ser desenvolvida a partir de fatores ambientais ou comportamentais, genéticos ou hormonais ou ainda a combinação de alguns deles. No entanto os especialistas na área de saúde informam que independente de fator etiológico, o problema  da obesidade está diretamente ligado ao aumento do consumo alimentar com pouca gasto energético, ou seja a pessoa come em exagero e não mantém o hábito de praticar atividades físicas com regularidade, preferindo o sedentarismo.

Principais sintomas da obesidade

Segundo especialistas a pessoa que apresenta o problema da obesidade tem limitações motoras, além de riscos de complicações cardíacas e vasculares e outras enfermidades, e infecções na pele em virtude das dobras na epiderme devido ao grande acúmulo do tecido adiposo. Pela sobrecarga que a coluna vertebral dessas pessoas apresenta  podem ocorrer problemas ósseos e nas articulações dos tornozelos, joelhos ou do quadril e cintura. Esses sintomas físicos costumam estar associados a problemas emocionais como por exemplo, ansiedade e compulsão ou ainda desenvolvimento de uma baixa autoestima.

De acordo com a recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde) uma das principais medidas que servem para diagnosticar a obesidade  é a avaliação do IMC (Índice de Massa Corporal) da pessoa  que é calculado usando-se a seguinte fórmula: Peso do indivíduo dividido pela sua altura elevada ao quadrado, encontrando-se desse modo o resultado. De acordo com os padrões de mensuração um IMC a partir de 30kg/m2 já denota um grau de obesidade do tipo I. Já um IMC maior que 40kg/m2 já caracteriza a obesidade mórbida que apresenta um risco extremo ao indivíduo podendo inclusive levá-lo a óbito.

Vários estudos científicos foram conduzidos para que fosse encontrado o fator etiológico para o desenvolvimento dessa enfermidade. No entanto, os pesquisadores até  o presente momento chegaram  a conclusão que a obesidade pode ser  na realidade resultante de vários fatores isolados ou associados entre si. Dentre as principais causas da obesidade descritas por alguns especialistas estão:

  • Nutrição inadequada com grande consumo de alimentos gordurosos ou doces;
  • Falta de atividades físicas levando a pessoa ao sedentarismo;
  • Alterações endócrinas com o aparecimento de algumas síndrome, como o hipotireoidismo;
  • Deficiência no hormônio do crescimento;
  • Alguns tipos de  fármacos como por exemplo corticoides, lítio e antidepressivos tricíclicos;
  • Cirurgias na região do hipotálamo e obesidade de origem genética como a autossômica recessiva ou a ligada ao cromossomo X.

Considerações finais

Os sintomas da obesidade são bem evidentes e se caracterizam por um excesso de peso corporal associado a diversos tipos de enfermidades que podem comprometer a saúde física do individuo obeso. Além das complicações orgânicas que a pessoa obesa sofre, há ainda os problemas emocionais por que passam ,como por exemplo, o desenvolvimento de uma baixa autoestima.

A obesidade muito mais do que um problema de estética é considerada uma enfermidade e como tal deve ser tratada de forma adequada, para que seus portadores possam ter uma boa qualidade de vida.

Por Salete Dias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TopBack to Top