Giga Mundo – Saúde

Sua fonte de informação sobre saúde na Internet!

Raiva ou hidrofobia

A raiva, conhecida também como hidrofobia, é uma doença grave, mortal, causada por um vírus que ataca o sistema nervoso dos mamíferos. Depois que se instala, o vírus se espalha através das glândulas salivares. A doença é comum em morcegos, cães e também nos seres humanos. É classificada como uma zoonose.

A incidência da hidrofobia se dá em todo o planeta (com exceção do Japão, Antártida e Reino Unido). Atualmente ela é controlada em animais domésticos graças à vacina anti-rábica. Mas, em mamíferos silvestres, a doença ainda é preocupante, já que se trata de uma enfermidade letal.

Como a doença se instala

A raiva se transmite de um animal doente para o sadio através da mordida, arranhão ou contato com as mucosas. Os principais transmissores da doença em áreas urbanas são o cachorro e o gato. A doença também pode ser transmitida através de morcegos, lobos e raposas contaminados.

Depois que o vírus se instala no animal (em um período de 1-3 meses), a doença progride, transformando um bichinho dócil em um ser inquieto e cada vez mais agressivo.

Sintomas

Nos humanos

  • Dor no local da mordida
  • Vômitos e mal estar
  • Espasmos musculares na região do pescoço, que impedem a ingestão de alimentos
  • Reações violentas e muita agressividade
  • Alucinações
  • Insônia
  • Medo irracional da água – por isso a doença é conhecida também como Hidrofobia. Quando este sintoma se manifesta, a morte do individuo é certa.

Nos animais

  • Agressividade (ainda que o animal seja normalmente dócil)
  • Busca de locais escuros para se esconder (fotofobia)
  • Tentativas de morder
  • Paralisia muscular
  • Asfixia
  • Morte

A raiva é uma doença que mata em quase 100% dos casos. Existem apenas seis casos registrados de pessoas que sobreviveram a esta doença, mas das seis, cinco pessoas já haviam sido vacinadas antes do desenvolvimento da raiva. Quando a enfermidade começa a apresentar sintomas, a morte acontece em torno de quatro dias.

Tratamento

Após a mordida do animal infectado, deve – se lavar o ferimento com água e sabão. Como o desenvolvimento do vírus é lento, o individuo tem tempo suficiente para ser vacinado, ter uma resposta imunológica eficiente e se salvar da doença. Mas é extremamente importante que a pessoa seja imunizada logo após a mordida.

Mas, quando a doença já está instalada e a hidrofobia aparece, a única terapia a ser feita é para aliviar a dor e diminuir o sofrimento do paciente até que ocorra a sua morte.

Nos animais, quando a raiva é diagnosticada, o animal é sacrificado.

Prevenção

No Brasil existe um amplo programa de vacinação de cães e gatos contra a raiva. É importante que os donos de animais domésticos não deixem de vacinar os animais. Paralelamente a isso, os governos devem capturar os cães de rua, para que seja providenciada a sua profilaxia.

Por Danielle Batista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TopBack to Top