Giga Mundo – Saúde

Sua fonte de informação sobre saúde na Internet!

Doença do Sono

Doença do sono

Também conhecida como tripanossomíase africana humana em virtude de sua maior concertação de casos no continente africano,  a doença do sono é transmitida por um protozoário denominado trypanosoma brucei transmitido aos seres humanos pela mosca tsé-tsé. É uma enfermidade grave que se não tratada em tempo hábil e de forma adequada pode elevar o indivíduo afetado a óbito.

Incidência de casos da doença do sono

Os países que formam o continente africano são os que possuem mais casos de indivíduos contaminados com o parasita e apresentando a doença do sono. Segundo dados históricos já houve três epidemias muito graves dessa doença parasitaria desde o final do seculo XIX  em todo o mundo levando a óbito milhares de pessoas contaminadas pelo trypanosoma brucei que é a forma que afeta os seres humanos.

Principais manifestações clínicas da doença do sono

Segundo especialistas em enfermidades transmitidas por parasitas dentre as principais manifestações clinicas da doença do sono estão: Alterações no sistema nervoso do individuo afetado com confusão mental, febre, lesões na pele, dor nas articulações, perda de coordenação motora, meningocefalite, inchaço dos nodulos linfáticos, dor de cabeça e sonolência (Daí a origem do nome Doença do Sono).

Atuação do parasita no organismo humano

As vias de acesso do parasita no organismo humano são o sistema linfático, fazendo com que os gânglios aumentem consideravelmente de tamanho sendo facilmente visualizáveis o que de um certo modo facilita o diagnostico, e a outra forma de entrada do parasita no corpo é através da corrente sanguínea. Se o doente não receber tratamento adequado o parasita se espalha por todo seu organismo ocasionando graves complicações como por exemplo, problemas renais, cardíacos,endócrinos e anemia. Se houver evolução dessa fase  o parasita atinge o sistema neurológico do doente afetando seus cérebro.

Meios de contaminação

A doença do sono é transmitida através da picada da mosca tsé-tsé, porém existem outras formas de contágio , contágio como por exemplo: Transmissão da grávida contaminada para o filho, através do contato com sangue infectado em uma transfusão de sangue e ainda por relacionamento sexual.

Tratamento da doença do sono

De acordo com especialistas na área existem vários tratamento para a doença do sono. Segundo esses profissionais essas terapêuticas são eficientes se o doente ainda estiver no estagio inicial da enfermidade,  porem resultam em diversos efeitos colaterais para o individuo afetado pelo parasita. Mesmo recebendo tratamento quando ocorre lesão neurológica o dano ao individuo normalmente é irreversível.  O profissionais enfatizam que  o  melhor tratamento até o presente momento ainda é eliminar a mosca tsé-tsé responsável pela transmissão do parasita nos seres humanos.

No entanto algumas pesquisas cientificas vem sendo realizadas recentemente  cujo principal é conseguir encontrar tratamentos mais eficazes contra a doença. Nesses estudos realizados os cientistas estão tentando isolar e mapear o DNA do parasita. Com  o avanço da ciência estima-se que dentro de alguns anos a doença do sono esteja melhor controlada, e os doentes bem tratados com uma melhor estimativa de sobrevivência principalmente nos países africanos.

Por Salete Dias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TopBack to Top