Giga Mundo – Saúde

Sua fonte de informação sobre saúde na Internet!

Giga Mundo – Saúde Depressão,Distúrbios e Doenças Depressão infantil – como identificar?

Depressão infantil – como identificar?

Atingindo um percentual cada vez maior da população, a depressão vem sendo considerada um dos grandes males do século, sendo superada por poucos outros problemas de saúde, como a obesidade. É uma doença complexa que pode ter inúmeras razões e geralmente só quem está passando por ela sabe exatamente como está se sentindo devido a tal problema.

Em uma sociedade como a nossa, pessoas que sofrem de depressão acabam muitas vezes pode serem mal compreendidas e até discriminadas, o que nada ajuda a quem já está sofrendo com tal problema, somente agravando ainda mais as consequências.

A depressão pode atingir pessoas de qualquer sexo ou faixa etária, como a depressão infantil, um mal que assola nossas crianças, tornando muito mais complicados os deveres de seus pais. Inúmeros são os possíveis sintomas da depressão e geralmente a própria criança é a pessoa que menos sabe o que está acontecendo consigo mesma. Tais problemas podem ter impacto sério em seus estudos, nas atividades em grupo ou familiares, bem como sobre seu ânimo, podendo torná-la apática ou apresentar humor altamente instável. Crianças deprimidas geralmente não brincam com outras crianças, ficando reclusas em seu próprio universo imaginário.

Depressão infantil

Os sintomas da depressão infantil podem ser dos mais variados, de dores de barriga a dores de cabeça, de uma brusca queda no rendimento escolar à reclusão e não socialização com outras crianças. Tudo dependerá principalmente do que está afligindo-a neste momento.

Uma criança deprimida pode tornar-se agressiva, apresentar problemas de sono (insônia ou sonolência), humor instável, sentimento de rejeição e culpa e hipersensibilidade, levando-a a chorar muitas vezes sem motivo aparente.

Caso identifique sinais de depressão infantil em seu filho, é importante que procure acompanhamento médico para o mesmo. Os serviços de um psicólogo podem ajudá-lo a melhor compreender o que está acontecendo com ele e ao seu redor. Além disso, procure conversar mais com seu filho, entendo o que está acontecendo com ele em sua vida social na escola e em família. Seu filho precisa de seu apoio e atenção.

Enfim, para combater a depressão infantil não basta o acompanhamento psicológico e/ou tratamento segundo o que for orientado, é necessária também a atenção dos pais para procurarem saber com seus professores como está sendo o comportamento dos seus filhos, não somente no momento das aulas, mas também na hora do recreio e intervalos, junto a outras crianças. Somente compreendendo a fundo como é o convívio social do seu filho você poderá ajudá-lo a livrar-se desse problema que está cada vez mais presente em nossa sociedade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TopBack to Top