Giga Mundo – Saúde

Sua fonte de informação sobre saúde na Internet!

Giga Mundo – Saúde Dicas de saúde Chá para emagrecer vale a pena?

Chá para emagrecer vale a pena?

Em farmácias e supermercados, podemos encontrar diversos chás para emagrecer, dos mais diversos sabores e composições. Entretanto, apesar de já estarem no mercado há bastante tempo, paira uma dúvida no ar: eles realmente funcionam? Vale a pena gastar algum dinheiro com eles? Bem, este artigo fará algumas considerações sobre este assunto.

Ingredientes dos chás emagrecedores

Antes de mais nada, vale lembrar que o consumo de chás, sozinho, não é suficiente para uma boa perda de peso, sendo necessária também uma alimentação saudável e a inclusão da prática de exercícios físicos! Dito isto, podemos começar nossos estudos sobre a composição dos chás, geralmente baseada em ervas diuréticas, digestivas ou mesmo de alguns calmantes.

Uma erva muito utilizada em quase qualquer chá para emagrecer é a Camellia Sinensis, planta conhecida por combater a retenção de líquidos e acelerar o metabolismo. Pode-se considerar também o seu papel como antioxidante, atuando assim na prevenção do envelhecimento precoce.

Como melhor empregar os chás

Cada chá possui características próprias que devem ser levadas em consideração durante o seu uso, mas de modo geral, os especialistas em nutrição recomendam que o seu consumo seja realizado entre as refeições principais. Esta recomendação é importante uma vez que muitos deles alteram o metabolismo, seja inibindo o apetite, seja queimando as calorias ou por meio de ação diurética.

Como se já não bastasse isso, é importante também que se atente à origem do chá, evitando o consumo daqueles vendidos em feiras livres, sem fiscalização sanitária do produto. Se consumido em excesso, tal tipo de chá pode causar certos malefícios, como infecções intestinais ou mesmo desidratação.

Além disso, mesmo apresentando os mesmos componentes naturais, certas substâncias presentes podem apresentar contra-indicações. Certifique-se de não escolher um chá que não apresente contra-indicações para algum tipo de quadro clínico que possa ter desenvolvido.

Quais chás são empregados para perda de peso?

Como dito anteriormente, a erva Camellia é uma das mais empregadas, utilizada no preparo dos chás branco, amarelo, verde e vermelho. Pode parecer um pouco confuso à primeira vista, mas é fácil perceber que o que os diferencia é a forma como as folhas são manipuladas bem como o processo de fabricação adotado.

Falemos agora sobre o chá sete ervas, outro chá bastante conhecido por sua ação emagrecedora. Este chá, na verdade, trata-se de um composto à base de ervas como a carqueja, cavalinha, abacateiro, jurubeba, espinheira-santa, chapeu-de-ouro e erva de bugre. Este chá atua tanto como regulador da atividade intestinal quanto na inibição do apetite, podendo assim ajudar no fim da gordura localizada.

Agora, falemos sobre outro grupo de chás, formado por figo da índia, glucomanan e agar-agar, que ajudam a desenvolver a sensação de saciedade da fome. Os mesmos não apresentam contra-indicações.

Já quanto ao chá de cártamo, seu consumo direto não é recomendado – é até mesmo proibida a comercialização de tal tipo de chá no Brasil. Isso acontece devido à sua capacidade muito alta de acelerar o metabolismo humano. Já o seu óleo é comercializado sem maiores problemas.

Outro chá bastante conhecido é o chá de caralluma, uma espécie de cacto da Índia, capaz de reduzir a sensação de fome devido à sua alta concentração de fibras. Alguns estudos apontam alguma relação entre esta erva e o desenvolvimento da anorexia, mas tal hipótese ainda não foi comprovada.

O próximo chá a ser comentado aqui é preparado a partir de um composto da laranja-da-terra, conhecido como citrus. Este, além de aumentar o metabolimso, é interessante também por ser rico em vitamina C.

É dito que o consumo do chá de porangaba acelera o metabolismo corporal, entretanto isso ainda não foi comprovado.

A folia magra é outra erva cuja eficácia também não foi comprovada, mas é apontada como auxiliando na redução da sensação de fome.

Entretanto, não se esqueça que, por mais inofensivo que pareça ser o consumo de um chá para emagrecer, seu consumo deveria ser indicado e acompanhado por um especialista da área de Nutrição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TopBack to Top