Diarreia

A diarreia é uma doença caracterizada pelo aumento do número de evacuações e diminuição da consistência das fezes que podem ser pastosas ou líquidas. A diarreia é considerada uma doença grave principalmente em bebês sendo uma causa comum de morte entre eles. Existe a diarreia aguda é aquela que dura até 14 dias e a crônica que ultrapassa três semanas, é importante conhecer o tipo de diarreia para determinar o tratamento da doença.

Tipos de diarreia

Diarreia comum – Fezes soltas e com água, ocorre geralmente em crianças, pode ser ocasionada por mudanças na alimentação como o excesso de gorduras, uso de medicamentos e ansiedade diante de eventos importantes na rotina.

Diarreia Infecciosa – Além dos sintomas da diarreia comum, este tipo caracteriza-se por febre, fraqueza e redução do apetite; pode ser ocasionada por vírus ou bactérias.

Intolerância à lactose – A diarreia pode acometer indivíduos que não produzem a enzima lactase, ao ingerir alimentos derivados do leite.

Giardíase ou amebíase – Causadas por protozoários, entre os sintomas provocados por estes parasistas destaca-se a diarreia .

Causas da diarreia

  • Vírus – Infecções virais podem ser responsáveis por ocasionar diarreias, vírus como rotavírus, citomegalovírus, herpes simples entre outros.
  • Parasitas – Alguns parasitas que penetram no organismo através de água e alimentos contaminados podem ocasionar diarreias. Giardia lamblia, Entamoeba histolytica e Criptosporídio.
  • Uso excessivo de laxantes.
  • Reações a alguns medicamentos como antibióticos e remédios para tratamento de câncer.
  • Intolerância a alimentos derivados do leite pela ausência da enzima lactase.
  • Doenças transmitidas por alimentos que podem conter bactérias como Salmonella e Shigella.

Sintomas da diarreia

A diarreia como já foi dito, é caracterizado por evacuações frequentes líquidas e pastosas, ela pode ser acompanhada por cólicas, desconfortos abdominais, náuseas, vômitos, mal estar e excesso de gases. Em alguns casos pode-se observar febre além de sangue, pus ou muco nas fezes.

Diagnóstico da doença – É realizado através dos sintomas contados pelo paciente e o tratamento é feito com base na frequência, duração e aspecto da diarreia. Pode ser investigado também a exposição recente a alimentos considerados suspeitos, mediante a necessidade apresentada pelo paciente, o médico pode solicitar um exame de fezes ou sangue.

Prevenção da diarreia

Beber água ou fazer gelo somente filtrada ou fervida.

Lavar bem os alimentos antes de consumí-los.

Consumir os alimentos somente quando tiver ceteza de sua procedência e de seu estado de conservação.

Tratamento da diarreia

A principal preocupação no tratamento da diarreia é com a reposição de líquidos. Deve-se manter o corpo sempre hidratado em casos de diarreia, para a reposição de eletrólitos perdidos durante este processo recomenda-se a ingestão de soros caseiros ou industrializados para suprir estas necessidades.

É importante não deixar de se alimentar, caso o indivíduo suspenda a alimentação todo o fornecimento de nutrientes ficará ainda mais comprometido o que virá a comprometer ainda mais a saúde do indivíduo. No entanto, é importante evitar alimentos com alto teor de gorduras, com excesso de resíduos como alface e fibras, álcool e café. Prefira alimentos como carnes magras, arroz, maçã, banana, torradas pois estes alimentos tendem a tornar as fezes mais consistentes.

Evite sempre a auto medicação, qualquer medicamento só deve ser usado no tratamento da diarreia quando prescrito pelo médico após avaliar o seu estado de saúde.



 

 

 

 

Se você gostou deste artigo, então que tal...

Faringite

Varíola

Artrite

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Email
Print