Archive for Diabetes

Diabetes e exercícios físicos

Diabetes é uma doença crônica que é caracterizada pela deficiencia na captação de insulina nos tecidos celulares. Essa deficiência pode ser ocasionada pela pouca ou nenhuma produção do hormônio insulina ou mesmo por motivos patogênicos em que as células não conseguem captar a insulina.

Existe três tipos de diabetes:

  • Diabetes Mellitus Tipo I – deficiência do hormônio insulina ocasionada pela morte das células beta pancreáticas e a doença auto-imune;
  • Diabetes Mellitus Tipo II – resistência à insulina;
  • Diabetes Mellitus Gestacional –  durante a gravidez, a mulher fica incapaz de aumentar a secreção de insulina.

Relação entre diabetes e exercício físico:

  • Aumento da sensibilidade à insulina pelo organismo e a produção da mesma;
  • Reduz a perda de massa óssea;
  • Melhora a oxigenação celular e a circulação sanguínea;
  • Aumento da captação de glicose pelos tecidos musculares;
  • Redução da gordura corporal (está relacionado ao DM Tipo II);
  • Aumento da aptidão física (gerando prazer ao praticar uma determinada atividade física);
  • Redução de triglicérides.

Os exercícios mais indicados para o diabético são aqueles que o paciente possa fazer com segurança, ou seja, todo o exercício pode ser prescrito ao portador da diabetes, desde que seja acompanhado por um profissional qualificado e que antes, o paciente, tenha passado por uma avaliação médica e física.

Os exercícios aeróbicos parecem ser mais satisfatório ao diabético tipo I, por sua capacidade de oxigenação celular ser grande. Acredita-se que isso causa uma maior sensibilidade das células pela insulina. Enquanto que os exercícios de resistência (musculação) parecem auxiliar mais na produção de insulina e na captação da mesma pelo tecido muscular.

Alguns cuidados que o diabético deve ter ao praticar exercício físico:

  • Manter-se sempre monitorado quanto ao nível de glicose sanguínea;
  • Precaver-se de lesões, principalmente, nos pés devido a calçados impróprios e ao ambiente em que se está praticando a atividade, bem como se é frio ou quente demais;
  • Ter uma ingestão equilibrada de carboidratos;
  • Evitar que a atividade coincida com o pico de insulina (momento em que se aplica a insulina, para quem faz tal);
  • Ter ciência dos sintomas de hipoglicemia;
  • Manter-se hidratado sempre;
  • Não exceder os limites da sua capacidade física, etc.

Alguns exercícios são mais preferidos outros são menos, mais o que importa mesmo é a manutenção da saúde, por isso, não deixe de fazer uma avaliação e começar o quanto antes a praticar uma atividade física, seja ela qual for, com orientação de um profissional de saúde.

O ideal é saber viver com saúde!

Por Márcio Costa

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS