Bulimia

Algumas pessoas confundem a bulimia com a anorexia, sendo que a diferença entre elas é que a pessoa que possui bulimia costuma ingerir alimentos sem necessidade e em curto espaço de tempo. A influência da mídia é relevante no que diz respeito a bulimia.

A bulimia é definida como um transtorno alimentar, ou seja, pelo excesso de alimentos ingeridos em curto espaço de tempo, gerando logo após o vômito. Quando o vômito é auto-induzido ele causa um aumento do ácido estomacal, que danifica vários órgãos do corpo principalmente o esôfago e as glândulas salivares.

Sintomas

  • Interrupção da menstruação
  • Ingestão excessiva de alimentos seguida de indução ao vômito
  • Inflamação da garganta
  • Dietas severas
  • Inchaços seguidos de dores faciais
  • Desidratação
  • Longos períodos de tempo no banheiro (para induzir o vômito)
  • Utilização frequente de laxantes e diuréticos
  • Excessiva prática de atividades físicas

Caso a bulimia venha a se agravar ela pode trazer outras doenças mais graves como a depressão ou utilização de drogas e álcool, pode também ocorrer desmaios, fraquezas e lesões dentárias. Pode ocorrer situações  nas quais seja necessário levar o paciente ao médico como sangramentos no tubo digestivo.

Prevenção

Muitas formas de prevenção podem ser iniciadas durante a infância da criança, através do incentivo que os pais podem dá aos filhos a realizarem refeições saudáveis além da prática de atividades físicas.

Tratamento

O tratamento tem como objetivo realizar um reeducação alimentar, além de tratamentos como a psicoterapia  e a farmacoterapia. Também são utilizados alguns medicamentos como o uso de antidepressivos.

Curiosidades

  • A bulimia atinge principalmente os jovens
  • Os pais devem ficar atentos caso seus filhos demorem muito no banheiro ou quando começam a usar roupas mais folgadas, pois isso pode ser o início de bulimia
  • Algumas profissões podem incentivar o início da bulimia como atletas olimpicos, modelos e bailarinas; caso o indivíduo já possua uma pré disposição
  • A população que tem mais tendência para a bulimia é a do sexo feminino

Se você gostou deste artigo, então que tal...

Caxumba

Insônia

Hemofilia

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Email
Print