Giga Mundo – Saúde

Sua fonte de informação sobre saúde na Internet!

Giga Mundo – Saúde Ansiedade Transtorno Bipolar do Humor

Transtorno Bipolar do Humor

Há algum tempo atrás quando as pessoas apresentavam oscilações cíclicas de comportamento diziam que elas eram pessoas instáveis ou temperamentais. Com o avanço da medicina e novas descobertas científicas no campo da saúde mental, os especialistas finalmente conseguiram categorizar e classificar de modo adequado esse distúrbio psiquiátrico que causa grande sofrimento aos pacientes.

Inicialmente conhecida como psicose maníaco-depressiva, o transtorno bipolar do humor pode ser diagnosticado quando o indivíduo apresenta alterações cíclicas de humor que vão desde oscilações de tristeza e alegria considerada normais até graves episódios de alterações comportamentais como por exemplo estados de depressão ou mania ou os dois combinados. Considerada como uma doença mental que causa um impacto muito grande na vida de seus portadores o transtorno bipolar do humor interfere na vida social, pessoal, afetiva e profissional do paciente quando não tratada de maneira adequada.

Etiologia do Transtorno Bipolar do Humor

Acometendo cerca de oito a cada cem pacientes e manisfestando-se de maneira igual tanto em pessoas do sexo feminino quanto do sexo masculino, até o presente momento a comunidade científica ainda não identificou a base etiológica do transtorno bipolar do humor. No entanto foi verificado que fatores genéticos, sociais e biológicos relacionados aos neurotransmisores do cérebro humano e fatores psicológicos podem desencadear o transtorno.

Os especialistas relatam que esses fatores indicam de que maneira as pessoas reagem às situações estressantes da vida, enfrentando-as de maneira positiva, ou então sendo afetadas por elas de tal modo que começam a desenvolver transtornos emocionais. Alguns pesquisadores ressaltam que a genética pode ter um papel fundamental no desenvolvimento do transtorno bipolar de humor porém até o presente momento ainda não houve comprovação científica de tal afirmação.

Principais Sintomas do Transtorno Bipolar do Humor

De acordo com profissionais especializados na área de psiquiatria o transtorno bipolar do humor pode surgir ainda no período da infância quando a criança apresenta episódios de impulsividade ou irritabilidade, sendo que o transtorno surge com mais frequência até os dezenove anos e em raros casos a doença pode surgir após os cinquenta anos. A fase de mania ou euforia como também pode ser denominada apresenta como principais sintomas: Episódios de irritabilidade extrema, grande inquietação mental e também física, incapacidade de discernimento, crenças irreais sobre si próprio, incapacidade de concentração, agressividade, pensamentos grandiosos, comportamento inadequado ou inconveniente, gastos em excesso, insônia, impulso sexual aumentado, entre outros.

Já a fase de depressão do transtorno bipolar do humor se caracteriza  por: sentimentos de extrema tristeza, humor depressivo ou melancólico, excesso de sono ou ao contrário falta de sono, sensação constante de fadiga ou perda de energia física, sentimentos desmotivados de culpa, dificuldade de concentração ou tomada de decisões, perda de interesse em atividades antes prazerosas para o paciente, sentimento de inquietação, aumento excessivo de peso ou ao contrário perda brusca de peso em virtude de falta de apetite, agitação desmotivada ou lentidão, pensamentos de morte e em casos mais graves tentativa de suicídio e alucinações (sintoma psicótico).

O paciente também pode apresentar os dois estados combinados onde ele se sente deprimido durante uma parte do dia em conjunto com episódios de euforia. Os especialistas revelam que para que o diagnóstico de transtorno bipolar do humor se confirme esses sintomas devem persistir por pelo menos duas semanas.

Diagnóstico do Transtorno Bipolar do Humor

Segundo especialistas o diagnóstico do transtorno  bipolar do humor deve ser realizado de acordo com os sintomas apresentados pelo paciente. O médico psiquiatra é o profissional especializado para diagnosticar esse transtorno mental baseado nos sinais desse distúrbio demonstrado pelo indivíduo. Na há nenhum exame de imagem ou laboratorial que possa auxiliar o especialista na detecção dessa doença mental. Se o médico optar pelo tratamento com lítio pode se achar conveniente pedir um exame de dosagem dessa substância na corrente sanguínea do paciente para acompanhar seu efeito terapêutico.

Tratamento do Transtorno  Bipolar do Humor

Os profissionais especializados na área de psiquiatria e psicologia informam que a terapêutica para  o transtorno bipolar do humor deve ser realizada com medicação combinada com o tratamento psicoterápico. Geralmente os medicamentos são denominados de estabilizadores de humor e podem ser a carbamazepina, o ácido valproico, a oxcarbazepeina e o carbonato de lítio. Vale ressaltar que o avanço de pesquisas na área de saúde mental proporciona aos especialistas a utilização de novos fármacos ou a combinação dos que já são conhecidos para potencializar o tratamento.

O acompanhamento psiquiátrico é fundamental para que o indivíduo possa conseguir levar uma vida o mais próximo possível da normalidade. Isso quer dizer que o indivíduo em tratamento do transtorno bipolar do humor deve ser capaz de exercer sua vida profissional de maneira satisfatória e conviver de modo harmonioso em sociedade com parentes, familiares e amigos.

Por Salete Dias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

TopBack to Top